Alta Floresta (MT), 22 de novembro de 2017 - 07:58

Agronegócio

06/06/2015 08:03

MT lidera vendas de milho no país

Mato Grosso, estado que oferta a maior produ??o de milho safrinha do pa?s ?" e de todo o cereal nacional ?" fechou maio com o maior volume de comercializa??o antecipada registrado pela consultoria AgRural, entre todos os estados que cultivam o milho. Depois de um avan?o nas vendas em mar?o e abril, maio fechou agregando a boa performance dos primeiros meses do ano, e o Estado est? com 66% de sua estimativa de produ??o j? negociada. ?Com boas vendas no primeiro trimestre, Mato Grosso segue na frente, com 66% do volume estimado, negociado. Em Campo Verde, compradores oferecem R$15,50 para ago/set, mas produtores pedem R$ 17. Em Sorriso, onde a saca para agosto chegou a valer R$ 15 no in?cio de abril, a refer?ncia agora ? R$ 12,50?, destacam os analistas da AgRural. Conforme previs?o da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o milho safrinha deve ofertar 17,78 milh?es t, 1,5% menos que o volume contabilizado em 2014, 18,04 milh?es t. Mais de 90% de sua produ??o ? ofertada em segunda safra, em Mato Grosso. Como explicam os analistas da Consultoria, maio foi um m?s de poucos neg?cios para o milho brasileiro de modo geral e chegou ao fim com 48% da safrinha 2015 comercializada no Centro-Sul. O avan?o de quatro pontos percentuais foi inferior aos dez e os sete pontos registrados em mar?o e abril. Mesmo assim, o ?ndice segue bem ? frente dos 27% do ano passado. As quedas em Chicago e a expectativa de oferta maior, devido ao bom desenvolvimento das lavouras, pesaram sobre os pre?os, deixando o mercado lento. A AgRural estima a produ??o brasileira de milho safrinha 2015 em recordes 49 milh?es de toneladas. O n?mero ser? revisado na primeira quinzena de junho. O bom momento vivido pelo cereal nos meses de mar?o e abril foi sustentado pela incerteza da oferta em 2015, devido aos problemas enfrentados pelos produtores, que em Mato Grosso, por exemplo, plantaram as lavouras na pressa e ainda assim, quase 40% da ?rea semeadas fora da janela ideal, bem como pela alta do d?lar. Com a indecis?o do que seria essa safrinha, o comprador quis garantir a origina??o do produto e foi ?s compras, nesse mesmo intervalo, al?m da majora??o da cota??o pela procura e expectativa de baixa oferta, houve ganho na taxa de c?mbio e o produtor aproveitou a oportunidade para garantir renda. ?O produtor sabe da deprecia??o que h? na pr? e na p?s colheita e aproveita as oportunidades?. Entre mar?o e abril, ap?s o melhor momento do ano em pre?o ao milho, houve um recuo de 10% com a cota??o passando de R$ 15,80 para R$ 14,20, no Estado. Em fevereiro, 42% da estimativa de safra estavam comercializada, saltando para 55% em mar?o, melhor momento at? agora dos neg?cios do milho safrinha, em Mato Grosso. Houve picos de at? R$ 16, em Sorriso (460 quil?metros ao norte de Cuiab?), por exemplo. Em Mato Grosso, a colheita, mesmo que de forma t?mida, come?ou na virada do m?s com uma semana de anteced?ncia em rela??o ao ano passado. Conforme acompanhamento divulgado ontem pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecu?ria (Imea), a primeira semana de junho termina com 1,39% da ?rea, estimada pelo Instituto em 2,96 milh?es de hectares, colhida. NO PA?S ?" Depois de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul aparece em seguida com 50%, o segundo melhor ?ndice de vendas do pa?s at? maio. Em Dourados, a saca com entrega jul/ago vale R$ 17,50, queda de 11% em rela??o ? m?dia de abril. Em Maracaju, lotes sa?ram por R$ 17,30 livre ao produtor com o d?lar trabalhando acima de R$ 3,15. Em Goi?s, 44% da produ??o est?o negociadas. Em Rio Verde, lotes do cereal para exporta??o com entrega em outubro, que chegaram a sair por R$ 20 no come?o de maio e na virada do m?s, R$ 18. No Paran?, o ?ndice chegou a 24%. No oeste, o in?cio da colheita pressionou os pre?os. Em Cascavel, a ponta da demanda, que chegou a pagar R$ 25,00 em abril, agora oferece R$ 21,50 para jun/jul, mas sem neg?cios. Em Corn?lio Proc?pio, no norte, o cereal que rodou a R$ 24 no come?o do ano e no final de maior caiu para R$ 20. SAFRA VER?O - A comercializa??o da safra de ver?o 2014/15, por sua vez, terminou o m?s de maio em 55% da produ??o estimada para o Centro-Sul, contra 44% no final de abril e 69% um ano atr?s. O Rio Grande do Sul lidera, com 76%, seguido pelo Paran?, com 58%, e por Goi?s e S?o Paulo, com 55% cada. Minas Gerais, maior produtor de milho ver?o do pa?s, tem 50% de sua produ??o vendida.

Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo