Alta Floresta (MT), 25 de setembro de 2017 - 04:28

Agronegócio

05/06/2015 08:39

INDEA confirma primeiro caso de mormo em eqüino em Jangada

cavaloO primeiro caso positivo de mormo foi confirmado pela equipe da ULE de Jangada, após exame dar positivo. O eqüino doente é de uma propriedade a cerca de 20 quilômetros da sede do município. O animal foi sacrificado. O Médico veterinário do INDEA, concedeu uma entrevista exclusiva ao portal JANGADAMT e na oportunidade explicou que os principais sintomas desta doença, são: Cansaço excessivo do animal, febre alta, tosse e secreção nasal, nódulos no nariz e pulmões ou mesmo feridas nos membros, em caso de suspeita, os proprietários destes eqüinos devem procurar o INDEA, para que seja realizado o exame e se constatada a doença o animal deve ser sacrificado. A propriedade em que foi detectada a doença fica interditada por 60 dias, até que exames sejam realizados em outros animais, para ser constatado se houve ou não a transmissão da doença para outros eqüinos. Não há casos registrados na região, porém todos os animais que participam de eventos ou competições serão submetidos a este exame. O mormo é uma doença infecciosa causada pela bactéria Burkholderia mallei. A doença acomete solípedes (eqüinos, asininos e muares), podendo ser transmitida ao homem. A Secretária Municipal de Saúde já foi notificada para tomar os procedimentos em relação aos humanos, até o momento as pessoas não apresentaram anormalidades. Fonte: JangadaMT

Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo