Agronegócio

25/04/2018 08:04 Agro Notícias

Impactos da ferrovia Sinop-Pará serão analisados em seminário na Câmara dos Deputados

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável discute hoje os desafios para a sustentabilidade da construção da ferrovia Ferrogrão, que será construída entre os municípios de Sinop e Itaituba (PA), incluindo trecho localizado no interior do Parque Nacional do Jamanxim. A construção da ferrovia ainda está em fase inicial de estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental.

O seminário foi sugerido pelo deputado Nilto Tatto (PT-SP). “É importante reconhecer que a construção da Ferrogrão, ao estimular fortemente atividades agropecuárias, madeireiras e minerais de grande escala em nível regional, traz oportunidades socioeconômicas, e ao mesmo tempo, significativos riscos em termos de impactos socioambientais”, afirma o parlamentar.

Tatto ressalta que a BR-163, que liga Cuiabá a Santarém (PA), é um dos maiores eixos de desmatamento em toda a Amazônia. “Desde o asfaltamento da BR-163, aumentou o desmatamento nas suas margens em até 500%”, lamenta. O parlamentar teme que algo parecido ocorra com a Ferrogrão e que o Parque do Jamanxim seja “comido” pelo efeito de borda reduzindo a capacidade de proteção da unidade de conservação.

“Resta evidente que as novas obras de infraestrutura que fazem parte da PPI [Programa de Parcerias de Investimentos] têm no licenciamento ambiental delas a elo principal para a sua execução”, afirma Tatto lembrando que a Ferrogrão faz parte do programa.

Os interessados poderão participar do debate enviando perguntas, críticas e sugestões por meio do portal e-Democracia. O seminário será realizado durante todo o dia no plenário 2.


Aplicativo divulgacao
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo