Agronegócio

24/05/2018 09:07 R2

Preços em alta, no agronegócio paulista. Melancia fica mais barata. Demanda aquecida anima produtores de arroz

Os preços agrícolas voltaram a subir, no Estado de SP. Dados do mês de abril da Secretaria da Agricultura apontam para uma alta média de 2,14 por cento. O maior aumento, de 25 por cento, ficou por conta do trigo, seguido pela laranja, o feijão, a soja e o amendoim. Por outro lado, itens como a carne de frango, os ovos e a batata ficaram mais baratos, com destaque negativo para a banana nanica, que teve redução de 16 por cento.

Uma outra pesquisa, essa feita pelo Cepea em Goiás, mostrou que, depois de três semanas de alta, o preço da melancia despencou, nos últimos dias. Entre 14 e 18 de maio, o tombo foi de 24 por cento, para 94 centavos o quilo da fruta graúda. Além de um pequeno aumento da oferta, a demanda caiu, com o tempo mais fresco. E o mercado deve ficar assim por mais um tempo.

Já os produtores de arroz do Rio Grande do Sul começam a se animar com o momento. A procura pelo grão em casca, seja por compradores de dentro ou de fora do País, cresceu bastante. O que puxou as cotações pra perto dos 37 reais a saca de 50 quilos. Tanto que muito agricultor que estava focado na venda da soja e tinha deixado o arroz em segundo plano passou a olhar o grão com mais atenção.


Aplicativo divulgacao
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo