Agronegócio

13/06/2018 08:13 Radio 2 / Bernadete Druzian

Nova tabela do frete não tem data para sair e provoca efeitos desastrosas, desabafa Maggi.

Tabela de frete para transporte rodoviário de carga ainda não tem data para ser concluída, segundo o ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

Os efeitos do atraso são desastrosos para o agronegócio, desabafou Maggi, ao criticar a demora no cumprimento da promessa do presidente Temer.

A nova tabela foi uma das medidas do acordo do governo com os caminhoneiros para encerrar a paralisação.

Desde a publicação da primeira versão do texto, em 30 de maio, diversos setores reagiram contra a proposta de preços, que chegavam a quase três vezes mais o que era praticado.

No vai e vem das reações, a nova proposta, editada dia 7 de junho, sobreviveu apenas quatro horas e foi revogada.

O que está valendo, até o momento, é a primeira versão, que já é questionada na Justiça, pelo setor produtivo.

De acordo com o ministro, há muitas mercadorias paradas, as exportadoras estão com 11 dias de atraso na liberação de 450 mil toneladas de produtos para os portos.

Segundo Maggi, são mais de 60 navios parados.

Para ele, a tabela mínima não deveria existir, e o que funcionaria seria a prática livre de preços no mercado.


Aplicativo divulgacao
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo