Agronegócio

06/09/2018 07:24 R2

Giro Rural: Preço do algodão diminui. Já o arroz fica mais caro. Conab fará leilão para reforçar estoques públicos

A tendência de uma safra recorde de algodão já começa a mexer com o mercado da pluma. Dados do Cepea apontam que, no fechamento de agosto, o preço caiu mais de quatro por cento. E, nos últimos dias, a libra-peso foi cotada a menos de três reais e 20 centavos. Balanço do Imea mostra que, no Mato Grosso, de cada 10 hectares de algodão, nove já foram colhidos.

 

Já no mercado do arroz acontece o contrário. No mês passado, a saca de 50 quilos do grão em casca ficou quatro por cento mais cara. E, no Rio Grande do Sul, o preço chegou a 45 reais. A maior parte dos agricultores se manteve fora das vendas exatamente pra pressionar os compradores e garantir preços em alta. E basicamente só foi ao mercado quem precisava fazer caixa.

 

E a Conab marcou, para o dia 13, uma série de leilões eletrônicos de compra de mercadorias. A ideia é reabastecer os estoques públicos, por exemplo, de arroz, feijão, fubá e açúcar. Serão praticamente mil toneladas de alimentos e 75 mil latas de óleo de soja. Os produtos deverão ser entregues nos estados de Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina. E serão usados em programas sociais do Governo.


Aplicativo divulgacao
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo