Alta Floresta (MT), 25 de setembro de 2018 - 01:00

Destaques

12/04/2018 08:49 Marcos José / Abraão Lincoln

AF: com estradas em péssimas condições, moradores da zona rural estão enfrentando dificuldades para enviar filhos a escola

As dificuldades dos pais enviarem os seus filhos as escolas neste período chuvoso poderá comprometer o ano letivo dos moradores da zona rural de Alta Floresta.

Professor Atílio Machado, Vice Presidente do Conselho Municipal de Educação, falou que apesar de ser proprietário na região da Comunidade Rio Verde pouco sabe, no entanto, é do seu conhecimento dois  pontos críticos, sendo um deles antigo localizado próximo a Fazenda Vaca Branca.

Ele disse que de várias maneiras já tentaram resolver o problema, mas nunca chegou a um final satisfatório, já que aquela estrada tem um tráfico intenso de veículos pesados devido existirem muitas lavouras de soja e um grande número de pecuaristas naquela região, no entanto, nada que não possa ser feito desde que haja interesse em realizar um bom trabalho.

Outro ponto crítico relatado pelo professor é uma estrada curta que dá acesso do Santa Helena a escola, lá existe uma cooperação dos moradores aos arredores que vem a pé até um determinado ponto para poder pegar o ônibus, entretanto, a situação pode ser resolvida com o empenho da Secretaria de obras em sanar o problema, já que basta levantar um pouco a estrada e colocar cascalhos.

Professora Mônica, Presidente do Conselho Municipal de Educação, falou que em relação à Comunidade Rio Verde onde fica a Escola Aluízio Azevedo a situação esta complicada, inclusive a Luzinete, Diretora do estabelecimento de ensino, esteve no fim da semana passada informando que a escola esta há duas semanas paralisada por questões das estradas e pontes.

Mônica disse ainda, que orientou a diretora procurar ajuda junto a Secretaria de Educação a fim de realizar um novo calendário escolar, tendo em vista que os alunos ficaram vários dias sem aula, sendo assim, nesta quarta-feira (11), a diretora entrou em contato com ela relatando que o problema não foi resolvido ainda, impossibilitando até mesmo a sua vinda até a Secretaria de Educação, Secretaria de Obra e se for necessário o Ministério Público para intervir.

Quanto aos alunos que se deslocam da estrada da Granja Caione localizada na linha da Comunidade Novo Horizonte, Professora Mônica disse que foi procurada por pais e representes e um oficio foi encaminhado, além dela ir pessoalmente à Secretaria de Obras e Educação com o intuito de resolver o problema, tendo como resultado a intervenção do Ministério Público ficando acordado juntamente com as referidas secretárias de até sexta-feira (13) o problema ser sanado.

Perguntada por nossa reportagem sobre a situação do setor sul, Mônica disse que lá é um trecho que envolve três escolas e sendo assim, os estabelecimentos de ensino também estão ficando no prejuízo, fato este constatado através de um relatório realizado de que todas as linhas teve prejuízo de dias letivos até o momento.


Aplicativo divulgacao

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo