Alta Floresta (MT), 22 de novembro de 2017 - 08:16

Economia

PIB 18/12/2015 09:21 ZeroHora

Sete cidades mais ricas concentram 25% do PIB do Brasil

A renda gerada pelos sete municípios mais ricos do país corresponde a 25% de toda a geração de renda do Brasil. Porto Alegre — que até 2012 figurava na lista do chamado G7 — perdeu uma posição para Campos dos Goytacazes (RJ) em 2013 e ficou de fora do recorte feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para analisar focos de concentração de renda.

Juntas, as sete cidades — São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Manaus e Campos dos Goytacazes — tinham 13,8% da população, aponta o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na outra ponta, as 1.388 cidades que menos geraram riqueza em 2013 (equivalente a 25% dos municípios do Brasil) concentraram 1% do PIB e 3,5% da população. Nesta faixa, estavam 74,6% dos municípios do Piauí, 60,1% dos municípios da Paraíba, 53,3% dos municípios do Rio Grande do Norte e 52,5% dos municípios do Tocantins.

Desde 2010 não ocorre alteração significativa entre os maiores municípios. As capitais seguem sendo  
identificadas como concentradores da atividade de Serviços _ intermediação financeira, seguros e previdência complementar e serviços relacionados, comércio e administração, saúde e educação públicas e seguridade social. A exceção é Manaus, cuja economia tem maior equilibro  entre as atividades de Indústria e de Serviços.


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo