Alta Floresta (MT), 20 de outubro de 2017 - 07:51

Economia

07/01/2016 08:35 EFE

Bolsas da China paralisam pregão pela segunda vez após forte queda

A baixa do índice CSI300, que agrupa as 300 principais empresas cotadas nas duas bolsas, forçou a suspensão das cotações - chamada de "circuit braker", na segunda vez em que foi aplicada anova norma das autoridades de regulamentação.

A regra em vigor prevê que se o índice CSI300, que inclui grandes bancos e empresas de petróleo estatais, registrar alta ou baixa de 7%, as negociações devem ser suspensas pelo restante da sessão.

Como começou
As bolsas suspenderam automaticamente o pregão quando a queda superou os 5%. Após uma paralisação de 15 minutos, a sessão foi retomada mas acabou definitivamente suspensa quando a perda superou 7%.

Tendo como pano de fundo as preocupações com a economia chinesa, a queda dos preços do petróleo e a situação geopolítica, o índice Hang Seng de Hong Kong perdeu  durante a manhã 3,05%.

Ações recentes de Pequim para depreciarem o iuan inflamaram os temores de que a segunda maior economia do mundo está desacelerando mais do que o esperado e poderia desencadear uma nova onda de desvalorização cambial competitiva na região.

Assim como ocorreu pela primeira vez na última segunda-feira (4), o primeiro dia em que as novas regras entraram em vigor, as bolsas, que abriram com quedas de 1,94% em Xangai e 2,57% em Shenzhen, foram paralisadas cerca de 30 minutos após o início do pregão.

Fechamento dos pregões
O fechamento antecipado dos pregões é consequência das novas regras que entraram em funcionamento precisamente na segunda-feira, que estabelecem este mecanismo de interrupção dos pregões, para que não se repitam as fortes quedas em cadeia do ano passado, que chegaram a afetar os mercados mundiais.

Com isso, o índice geral de Xangai (SSE Composite), o principal indicador dos mercados chineses, fechou nesta quinta-feira em baixa de 245,95 pontos (7,32%), para 3.115,89, enquanto o de Shenzhen (SZSE Component) despencou 8,35% e ficou em 10.745,47 pontos.

Esta situação, que era inédita até o início desta semana, acontece pela segunda vez, depois que o mesmo mecanismo, fruto das novas normas do regulador da bolsa nacional, foi ativado na segunda-feira, que tinha sido o pregão mais curto da história, ao fechar 92 minutos antes do habitual, até hoje, quando as negociações foram suspensas com pouco mais de 30 minutos de sessão.

Se após o reatamento das negociações o índice CSI-300 cair mais de 7%, os dois mercados ficarão fechados até sexta-feira (8).

"Circuit breaker"
A regra de "circuit breaker", um mecanismo introduzido na segunda-feira para conter quedas no mercado volátil, foi desencadeada nos primeiros 30 minutos de negociação desta quinta.

Os investidores estavam nervosos após o banco central enfraquecer ainda mais o iuan pelo oitavo dia consecutivo. O índice CSI 300, o que desencadeia a interrupção da negociação, caiu de 7,2% para 3,284.74.

Na segunda-feira, o índice Shanghai Composite também caiu 7,3% para 3,115.89, enquanto o Shenzhen Composite perdeu 8,3%.


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo