Alta Floresta (MT), 21 de agosto de 2017 - 16:34

Esportes

04/04/2017 07:38 NM

Família de Caio Jr. pedirá R$ 30 milhões a Chapecoense na Justiça

A família do treinador Caio Júnior, morto na queda do avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia, em novembro do ano passado, vai entrar com uma ação na Justiça para cobrar do clube catarinense uma indenização no valor de R$ 30 milhões.

De acordo com a Folha de S.Paulo, os advogados dos parentes do técnico devem protocolar a ação ainda nesta semana, em Santa Catarina. Luiz Fernando Pereira, advogado da família, disse que a quantia foi calculada com base em entendimentos de tribunais acerca do assunto.

"O cálculo leva em conta que o clube tem de pagar pelo menos 70% do que o Caio ganharia se vivesse até a expectativa devida, que são mais 20 anos, além de danos morais", disse à Folha de S.Paulo o advogado.

O técnico recebia um salário mensal na faixa dos R$ 120 mil, considerando ainda direitos de imagem e contrato por CLT. Caio Júnior morreu aos 51 anos.


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo