Alta Floresta (MT), 21 de setembro de 2017 - 07:18

Esportes

18/04/2017 09:04 Gazeta Esportiva

Maicon relembra Libertadores de 2016 para acreditar em recuperação

A atual situação do São Paulo na temporada não é nada confortável. Depois de perder em casa por 2 a 0 para o Cruzeiro na Copa do Brasil, a equipe voltou a ser derrotada pelo mesmo placar no Morumbi na semifinal do Paulistão, contra o Corinthians. Precisando reverter o resultado longe de sua torcida, o zagueiro Maicon relembrou a superação na Libertadores de 2016, contra o Atlético-MG, para acreditar na volta por cima do time de Rogério Ceni.

“É difícil, estamos em uma situação difícil, mas temos que confiar. Ano passado passamos por momentos difíceis como na Libertadores, contra o Atlético, em que tomamos dois gols e achavam que podíamos tomar três ou quatro, mas revertemos e conquistamos a classificação. Temos que ter fé e acreditar”, afirmou o capitão tricolor durante entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Contra o Galo, nas quartas de final da Copa Libertadores de 2016, o São Paulo venceu em casa por 1 a 0 e, na volta, no gramado do Atlético, sofreu dois gols rápidos, no começo da partida, mas se reestruturou em campo e conseguiu um gol que garantiu a classificação à semifinal.

A primeira pedreira será em Belo Horizonte, nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro. Para conquistar a classificação de forma direta, o São Paulo precisa fazer no mínimo três gols – mantendo dois de diferença. Caso repita o 2 a 0 imposto pela Raposa, a decisão vai para os pênaltis.

“Todas as situações temos totais condições de reverter. No jogo do Cruzeiro foram duas paradas e dois gols. A gente tem consciência de que nosso time tem condição. Contra o Corinthians também, do mesmo jeito que eles fizeram aqui a gente pode fazer lá. Temos que corrigir os erros para nos próximos jogos fazermos um resultado positivo”, acrescentou o jogador.

Na análise do defensor do São Paulo, o time mineiro, apesar de muito bem organizado, não foi bem na partida no Morumbi e resolveu o jogo em duas oportunidades de bola parada – uma com gol contra de Lucas Pratto e outra com tento de Hudson, jogador que está emprestado pelo São Paulo ao time mineiro.

“A gente não viu o Cruzeiro jogar, viu o Cruzeiro ganhar com duas bolas paradas. É erro nosso. Temos que corrigir, sim, mas você não vê uma equipe desorganizada, mal trabalhada”, argumentou Maicon, defendendo o trabalho que vem sendo feito pelo técnico Rogério Ceni.

São Paulo e Cruzeiro voltam a medir forças nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte, Minas Gerais, pela quarta rodada da Copa do Brasil.


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo