Alta Floresta (MT), 25 de setembro de 2018 - 06:55

Esportes

03/09/2018 08:57 Gazeta Esportiva

Com um a menos, São Paulo supera gol contra e arranca empate do Fluminense

O São Paulo não venceu, mas os quase 50 mil torcedores que foram ao Morumbi na tarde deste domingo saíram de lá orgulhosos de seu time. Jogando com um a menos desde a metade final do primeiro tempo, a equipe dirigida por Diego Aguirre saiu atrás com um gol contra de Anderson Martins, mas buscou o 1 a 1 na base da garra e do oportunismo de dois reservas que foram decisivos para manter a invencibilidade do Tricolor paulista em seu estádio no Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o São Paulo garantiu a manutenção da liderança da competição, com 46 pontos, quatro a mais do que o Internacional, segundo colocado, que nesta noite visita o Cruzeiro no Mineirão. O Fluminense, por sua vez, caiu para o 11º lugar, com 27 pontos, apenas quatro acima da zona de rebaixamento.

Pela 23ª rodada do Brasileirão, o São Paulo terá um duelo direto da parte de cima da tabela contra o Atlético-MG, na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Independência. Já o Fluminense recebe o Vitória na quinta-feira, às 19 horas, no Maracanã.

Com o apoio massivo da torcida, o São Paulo esboçou uma pressão no início, mas não conseguiu ameaçar a meta carioca e ainda viu o Fluminense criar a primeira grande chance de gol. Aos 11 minutos, após boa trama pela esquerda, Ayrton Lucas cruzou rasteiro para dentro da área, encontrando Jadson, que encheu o pé e acertou o travessão após desvio de Liziero.

O time mandante respondeu pouco depois.Reinaldo cobrou lateral na área para Bruno Alves cabecear com perigo e Júlio César fazer a defesa. Aos 23, novamente pelo alto, o São Paulo assustou: Shaylon cobrou escanteio, e Hudson ganhou do zagueiro, mas testou por cima do travessão. Logo em seguida, após passe errado de Ibañez, Diego Souza recebeu de Rojas e na entrada da área e ajeitou de peito para Hudson, que chutou torto.

Aos 33 minutos, em uma falta infantil, Diego Souza foi expulso por deixar o cotovelo no rosto de Léo dentro do campo de defesa do São Paulo. Em desvantagem numérica, o São Paulo recuou na parte final do primeiro tempo, mas não correu riscos e ainda viu Reinaldo quase abrir o placar de falta.

Buscando se aproveitar da expulsão, Marcelo Oliveira promoveu a entrada do atacante Júnior Dutra no lugar do volante Jadson no intervalo. Diego Aguirre respondeu no início da etapa final, colocando Tréllez na vaga do apagado Shaylon.

Pouco depois, no entanto, o Fluminense abriu o placar. Aos oito minutos, após longo lançamento de Sornoza, Anderson Martins tocou de cabeça com a intenção de recuar para Sidão, mas acabou tirando do goleiro e marcando contra.

Diante do cenário totalmente adverso, Aguirre fez nova alteração: sacou Edimar para a entrada de Régis. E deu certo. Aos 26 minutos, o lateral humilhou Ayrton Lucas com um lindo chapéu e cruzou na medida para Tréllez cabecear e deslocar o goleiro Júlio César, fazendo a festa no Morumbi.

Embalado pelo gol, o Tricolor paulista continuou em cima apesar da desvantagem numérica. Mas foi o Fluminense quem ficou mais perto da vitória. Aos 41 minutos, Richard deu passe de calcanhar e deixou Matheus Alessandro na cara do gol. O atacante bateu cruzado e acertou a trave. No rebote, Dodi finalizou, mas Anderson Martins se redimiu do gol contra e garantiu o empate no Morumbi.


Aplicativo divulgacao

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo