Alta Floresta (MT), 22 de abril de 2018 - 16:44

Geral

08/01/2018 07:31 Gazeta Digital

Servidores de Sinop anunciam greve para esta segunda; TJ proíbe o movimento

Os servidores municipais de Sinop (500 Km ao Norte de Cuiabá) anunciaram, na semana passada, uma greve por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira (8), em razão do não atendimento de várias reivindicações feitas à prefeita municipal, Rosana Martinelli (PR), para a melhoria das condições de trabalho.

Eles cobram a convocação dos concursados, o pagamento de adicional de insalubridade aos profissionais que tenham direito, bem como a aquisição equipamentos de proteção individual e uniformes para os profissionais que executam as atividades meio, como agentes comunitários de saúde e motoristas, por exemplo.

Além disso, os servidores exigem um laudo que garanta a segurança do prédio onde funciona a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, em razão da mudança para o armazém da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que está desativado há anos. Também está entre as reinvindicações a aquisição de ônibus para transporte dos servidores da secretaria de obras.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais Sinop, Adriano Perotti, as reivindicações são feitas há pelo menos cinco anos, com o objetivo de garantir a segurança e saúde do trabalhador, porém, vêm sendo negligenciadas.

“Cinco anos de cobrança para que se cumpram as normas e princípios básicos quanto à medicina, segurança e saúde do trabalhador, seriam mais que suficientes para que o Poder Público Municipal se adequasse a tais normas”, diz trecho do ofício entregue pelos servidores à prefeita Rosana Martinelli.

Os servidores, inclusive, realizaram um protesto na última terça-feira (2) em frente à Prefeitura Municipal, ocasião em que estenderam faixas e deliberaram pela greve.

Outro lado – Por meio de nota, a prefeitura de Sinop afirmou que foram realizadas inúmeras reuniões visando discutir a pauta de reivindicações e as melhorias pleiteadas pela categoria.

Inclusive, algumas demandas elencadas pelo sindicato já foram atendidas ou estão em andamento, em consonância com a capacidade financeira do Executivo municipal.

Ainda segundo a nota, foi concedido o reajuste de 1,95%, no salário dos servidores, além de reajuste em 10% no vale alimentação. Já a aquisição de equipamentos e de ônibus parta o transporte dos para os servidores será no primeiro semestre de 2018.

TJ determina que sindicato não faça greve

Ainda na semana passada, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) concedeu liminar em ação declaratória de ilegalidade de greve e determinou que o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sinop se abstenha de deflagrar o movimento grevista previsto para iniciar nesta segunda-feira, sob pena de multa diária de R$ 20 mil, em caso de descumprimento. A decisão foi proferida pelo desembargador plantonista José Zuquim Nogueira, em ação de autoria da Prefeitura de Sinop.

Depois da decisão, os representantes do sindicato não se pronunciaram sobre o assunto. 


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo