Alta Floresta (MT), 25 de setembro de 2018 - 04:57

Política

11/07/2018 08:09 O Documento

Galli alerta Selma sobre restrições e diz que posicionamento pode dificultar alianças

O deputado federal e presidente do PSL em Mato Grosso, Victório Galli pediu durante entrevista à rádio Capital FM na manhã desta terça-feira (9) que a sua correligionária e pré-candidata ao Senado, ex-juiza Selma Arruda seja menos radical em seus posicionamentos políticos, a fim de evitar que o partido tenha dificuldade em fechar alianças visando as próximas eleições.

“A gente não pode ser tão radical nesse sentido. Se formos olhar, em todos os segmentos vai ter uma situação errada também, em todas as igrejas têm isso, seja ela evangélica ou católica. Será que vamos ter um palanque só de garças brancas?”, questionou.

Galli tenta formar um arco de aliança em torno da pré-candidatura do senador Welington Fagundes (PR), porém esbarra no fato de Selma ter restrições ao MDB, além da direção nacional do PSL que tem Jair Bolsonaro como pré-candidato a presidente, também vedar qualquer aliança com o PC do B, duas legendas que fazem parte da coligação que apoia Fagundes. “Não podemos radicalizar totalmente essa situação. Se ficarmos em um só extremo vai ficar difícil. A não ser que o PSL tenha um palanque só, mas isso inviabiliza qualquer situação do partido”, disse.


Aplicativo divulgacao

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo