Alta Floresta (MT), 17 de julho de 2018 - 03:39

Saúde

28/06/2018 09:09 Marcos José / Abraão Lincoln

AF: Coordenadora do Dep. de Vigilância Epidemiológica fala dos casos de sarampo em MT

Fernanda Santos, Coordenadora do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Alta Floresta, falou sobre os casos que praticamente já estavam erradicadas, entretanto, vem ocorrendo no país como é o caso do sarampo.

Fernanda Santos, disse que recentemente a Secretaria de Saúde do Estado de Mato Grosso confirmou dois casos no município de Guarantã do Norte, no entanto, o caso segue em investigação de acordo com a fonte infecciosa, já que ambos, um homem e um mulher tiveram passagens pelo estado do Amazonas e Roraima, que são dois estados em surto endêmicos no país decorrente da migração venezuelana que adentrou no Brasil já dando sinais da doença.

Quanto aos casos diagnosticados e confirmados da coença no município de Guarantã do Norte, Fernanda disse que à população altaflorestense deve ser orientada tecnicamente e feita a intensificação da vacina contra o sarampo que é a mais efetiva estratégia de combate.

Fernanda disse ainda, que a orientação para as unidades básicas de saúde é de que os profissionais deem a devida atenção aos cartões de vacinação, tanto dos adultos como das crianças e que sejam registradas a dose de vacina contra o sarampo.

Em relação àqueles que não têm a comprovação da vacina e não tem o registro da dose da vacina tríplice viral, os memsos devem procurar as unidades básicas de saúde para que sejam respectivamente vacinados.

Febre Amarela

Quanto à febre amarela, Fernanda disse que por notas técnicas do Estado divulgda nesta quarta-feira (27), um caso de febre amarela humana no município de Primavera do leste, no entanto, as orientações são de apenas o monitoramento da vacinação e caso alguém não tenha sido vacinado ou nunca tenha recebido esta vacina, devem também procurar as unidades de saúde para recebê-las, além dos viajantes que devem ter registrado em seus cartões adotando o padrão técnico de apenas uma única dose na vida.   

Hanseníase

Na questão das doenças epidemiológicas, Fernanda disse que diante de todas as dificuldades enfrentadas, o programa de saúde pública do município consegue ter um bom desempenho relativo a este quesito em ação, controle e tratamento e no caso específico da hanseníase, o município tem serviços e ações intensificadas e voltadas à estratégia de avaliação e diagnóstico precoce.  


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo