Saúde

05/09/2018 15:01 Marcos José / Abraão Lincoln

AF: Secretária de Saúde fala sobre regulação, falta de profissionais e pagamento de salários

Em entrevista a nossa reportagem, Roberta Cordeiro, Secretária de Saúde de Alta Floresta, falou a respeito das ações da sua pasta principalmente no que tange a central de regulação, já que nos últimos dias tem sido notado o grande número de pessoas no local.

Roberta disse que o fluxo de pessoas de fato aumentou e estão sendo atendido em torno de trezentas pessoas ao dia, o que tem gerado transtornos, já que a secretaria não tem capacidade para atender esta demanda reprimida.

Roberta disse que esta tentando junto ao Hospital Regional que a regulação de pacientes continue sendo feita no hospital e não na secretaria, pois isto acaba causando transtornos para os pacientes que entram novamente em uma fila de espera e consequentemente aumenta a demanda da regulação.

Quanto ao número de funcionários na secretaria de saúde, Roberta disse que neste momento estão trabalhando com um número menor, já que alguns estão em desvio de função e outros sem capacidade de trabalhar dentro da central de regulação em virtude de falta de habilidade e dinâmica para mexer com pessoas.

Salários

Perguntada por nossa reportagem sobre a diferença de data de pagamento dos salários dos funcionários da saúde em relação ao da administração, a Secretária disse que o pagamento dos funcionários da saúde é feito posteriormente porque a secretaria depende de outros recursos que é específico da pasta, preocupação esta, que inclusive já foi levada para a gestão.

Em relação ao déficit do estado para com o município, Roberta disse que hoje esta em torno de dois milhões de reais, valores estes referentes a vários blocos e etapas entre eles, Atenção Básica, Saúde Bucal, Hipertensão, Diabetes, entre outros, que se estende desde 2014.


Aplicativo divulgacao
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo